Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade

A característica essencial do Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) é um padrão persistente de desatenção e/ou hiperatividade, mais frequente e severo do que aquele tipicamente observado em indivíduos de mesmo nível sociocultural.  Para o diagnóstico, é necessário que alguns sintomas hiperativo-impulsivos que causam prejuízo devem ter estado presentes antes dos 7 anos, embora muitos indivíduos somente são diagnosticados pela desatenção na vida adulta, quando as exigências sociais, acadêmicas e profissionais aumentam

Os indivíduos com este transtorno não prestam muita atenção a detalhes ou tem dificuldades de manter a atenção, cometendo erros por falta de cuidado nos trabalhos escolares ou outras tarefas profissionais. O trabalho frequentemente é confuso e realizado sem capricho e superficialmente.

Cerca de 60-70% dos pacientes mantém um padrão de desatenção que avança para a vida adulta, onde o diagnóstico de Transtorno do Déficit de Atenção tem sido mais identificado recentemente.

O TDAH afeta crianças e pode persistir até a vida adulta.  Podemos avaliar este transtorno em todas as faixas de idade, usando escalas para adultos e escalas que podem ser respondidas pelos pais de crianças a partir dos 7 anos de idade.